Apresentação

Bem-vindo ao website do IV Congresso Internacional sobre Património Industrial, subordinado ao tema: Cidades e Património Industrial.

As cidades constituem um dos mais notáveis símbolos exteriores do mundo industrial. Com o desenvolvimento da industrialização, as funções até então desempenhadas pelas cidades multiplicaram-se e complexificaram-se, num processo que foi acompanhado por um acentuado crescimento urbanístico.

O fenómeno da desindustrialização ocorrido nas últimas décadas trouxe um novo olhar sobre as cidades. Agora, com uma enorme disponibilidade de sítios industriais devolutos, é necessário encontrar soluções que não passem apenas pela sua demolição.

O restauro e a reutilização constituem medidas possíveis e apropriadas para evitar aquela opção, com vantagens nos domínios da preservação da memória histórica, da identidade e do equilíbrio urbanístico assim como da regeneração de zonas economicamente deprimidas.

Como tema principal deste IV Congresso propõe-se a apresentação de trabalhos práticos e reflexões teóricas e metodológicas sobre as diversas problemáticas que hoje em dia se colocam nas intervenções efectuadas nas cidades tendo em vista a salvaguarda do seu património industrial, para além de abordagens noutras áreas temáticas, como as do Património, Arquitectura, Arqueologia, Museologia e Turismo Industrial.

Organização

Comissão Organizadora

Prof.ª Doutora Alice Tavares,
Departamento de Engenharia Civil,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Aníbal Costa,
Departamento de Engenharia Civil,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor António Costa Valente,
Departamento de Comunicação e Arte,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor António Manuel Ferreira,
Departamento de Línguas e Culturas,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Carlos Costa,
Departamento de Economia,Gestão Engenharia Industrial e Turismo,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Fernando Almeida,
Departamento de Geociências,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Francisco Providência,
Departamento de Comunicação e Arte,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Joaquim da Costa Leite,
Departamento de Economia, Gestão, Engenharia Industrial e Turismo,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor José Manuel Lopes Cordeiro,
APPI/TICCIH – Portugal,
Universidade do Minho

Prof. Doutor Manuel Ferreira Rodrigues,
Departamento de Educação,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Nuno Rosmaninho,
Departamento de Línguas e Culturas,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Paulo Morgado,
Departamento de Geociências,
Universidade de Aveiro

Prof. Pedro Pombo,
Fábrica. Centro Ciência Viva,
Universidade de Aveiro

Dra. Sónia Filipe,
Universidade de Coimbra

Prof.ª Doutora Susana Sardo,
Departamento de Comunicação e Arte,
Universidade de Aveiro

Prof.ª Doutor António Costa Valente,
Departamento de Comunicação e Arte,
Universidade de Aveiro

Secretariado

Prof. Doutor José Manuel Lopes Cordeiro,
APPI/TICCIH – Portugal,
Universidade do Minho

Prof. Doutor Manuel Ferreira Rodrigues,
Departamento de Educação,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Paulo Morgado,
Departamento de Geociências,
Universidade de Aveiro

Comissão Científica

Prof.ª Doutora Alice Tavares,
Departamento de Engenharia Civil,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Aníbal Costa,
Departamento de Engenharia Civil,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor António Costa Valente,
Departamento de Comunicação e Arte,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor António Manuel Ferreira,
Departamento de Línguas e Culturas,
Universidade de Aveiro

Prof.ª Doutora Beatriz Mugayar Kühl,
Faculdade de Arquitectura e Urbanismo,
Universidade de São Paulo

Doutor Bernardo Brasil Bielschowsky,
Instituto Federal de Santa Catarina e TICCIH Brasil

Prof. Doutor Carlos Costa,
Departamento de Economia, Gestão, Engenharia Industrial e Turismo,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Carlos J. Pardo Abad,
Universidad Nacional de Educación a Distancia de Madrid

Prof.ª Doutora Cristina Meneguello,
UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas e TICCIH Brasil

Doutora Diana Sanchez Mustieles,
Blog Patrimonio Industrial Arquitectónico

Doutor Domingo Cuéllar,
Grupo RENFE

Prof.ª Doutora Eduarda Vieira,
Escola de Artes,
Universidade Católica Portuguesa - Pólo Regional do Porto e APPI/TICCIH – Portugal

Prof. Doutor Eduardo Beira,
IN+ Centre for Innovation, Technology and Policy Research,
Instituto Superior Técnico

Prof. Doutor Eduardo Romero de Oliveira,
Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" e TICCIH Brasil

Prof.ª Doutora Elisa Calado Pinheiro,
Instituto de História Contemporânea,
Universidade Nova de Lisboa e APPI/TICCIH – Portugal

Prof.ª Doutora Eugénia Santos,
Escola Superior de Tecnologia do Barreiro,
Instituto Politécnico de Setúbal

Prof. Doutor Fernando Almeida,
Departamento de Geociências,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Francisco Providência,
Departamento de Comunicação e Arte,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Francisco Silva Costa,
Departamento de Geografia,
Universidade do Minho

Prof. Doutor Gerardo J. Cueto Alonso,
Universidad de Cantabria e TICCIH Espanha

Prof. Doutor Gildo Santos,
Universidade de São Paulo

Mestre Graça Filipe,
Instituto de História Contemporânea,
Universidade Nova de Lisboa e APPI/TICCIH Portugal

Prof.ª Doutora Gracia López Patiño,
Universitat Politècnica de València

Doutor Hugo Silveira Pereira,
Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia,
Universidade Nova de Lisboa

Prof.ª Doutora Inmaculada Aguilar Civera,
Cátedra Demetrio Ribes,
Universidad de Valencia e TICCIH Espanha

Prof. DoutorJoão Paulo Avelãs Nunes,
Faculdade de Letras,
Universidade de Coimbra

Prof. Doutor Joaquim da Costa Leite,
Departamento de Economia, Gestão, Engenharia Industrial e Turismo,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor José M. Amado Mendes,
Universidade de Coimbra/Universidade Autónoma de Lisboa

Doutor José Manuel Brandão,
Instituto de História Contemporânea,
Universidade Nova de Lisboa e APPI/TICCIH – Portugal

Prof. Doutor José Manuel Lopes Cordeiro,
Universidade do Minho e APPI/TICCIH – Portugal

Prof. Doutor Juan Manuel Cano Sanchiz,
Universidad de Córdoba

Prof. Doutor Julián Sobrino Simal,
Universidad de Sevilha e TICCIH Espanha

Prof. Doutor Maciel Morais Santos,
Faculdade de Letras,
Universidade do Porto e APPI/TICCIH – Portugal

Prof. Doutor Manuel Ferreira Rodrigues,
Departamento de Educação,
Universidade de Aveiro

Dr. Miguel Ángel Álvarez Areces,
TICCIH - Espanha

Prof. Doutor Miguel Ângelo Silva,
Faculdade de Arquitectura e Artes,
Universidade Lusíada de Lisboa e APPI/TICCIH – Portugal

Prof. Doutor Nuno Rosmaninho,
Departamento de Línguas e Culturas,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Paulo B. Lourenço,
Departamento de Engenharia Civil,
Universidade do Minho

Prof. Doutor Paulo Guimarães,
Departamento de História,
Universidade de Évora

Prof. Doutor Paulo Morgado,
Departamento de Geociências,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Paulo Oliveira Ramos,
Universidade Aberta e Instituto de História da Arte,
FCSH/Universidade Nova de Lisboa

Prof.ª Doutora Paz Benito del Pozo,
Departamento de Geografía y Geología,
Universidad de León e TICCIH Espanha

Prof.ª Doutora Pilar Biel Ibáñez,
Universidad de Zaragoza e TICCIH Espanha

Prof. Doutor Ronaldo André Rodrigues da Silva,
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, TICCIH Brasil e APPI/TICCIH – Portugal

Mestre Rui Vieira,
Instituto de História Contemporânea,
Universidade Nova de Lisboa e APPI/TICCIH – Portugal

Dra. Sónia Filipe,
Universidade de Coimbra

Prof.ª Doutora Susana Sardo,
Departamento de Comunicação e Arte,
Universidade de Aveiro

Prof. Doutor Xoán Carmona Badía,
Universidad Santiago de Compostela e TICCIH Espanha

Temas do Congresso

TEMA PRINCIPAL

Cidades e
Património
Industrial

TEMAS GERAIS

Estudo, salvaguarda e divulgação do património industrial;

Teoria e metodologia do património industrial e da sua arqueologia;

Conservação e restauro do património industrial;

Paisagens urbanas do património industrial;

Desindustrialização, cidades e património industrial;

Transportes e comunicações: herança patrimonial;

Museologia industrial e conservação de acervos técnicos e industriais;

Inventário do património industrial;

Classificação e protecção legal do património industrial;

Ensino e formação em património industrial;

Turismo industrial;

Arte e património industrial;

Património ferroviário;

Património geológico e mineiro;

Arquivos empresariais;

Arqueologia e património industrial: perspectivas de futuro.

HOMENAGEM

Neste Congresso, iremos fazer uma homenagem ao homem culto, ao colecionador a quem a Universidade de Aveiro tanto deve, ao amigo do Património Industrial que foi Francisco Madeira Luís. Oportunamente anunciaremos aqui a forma e o conteúdo dessa homenagem.

Programa

28-29 Junho 2018

(a divulgar oportunamente)

30 Junho 2018

Visitas pós-Congresso

(a divulgar oportunamente)

Submissão de Propostas

PRAZOS (datas importantes)

SUBMISSÃO DE PROPOSTAS DE COMUNICAÇÃO/POSTER

Enviar para: appi.dir@gmail.com até 15 de Abril (limite de apresentação: 20 minutos/15 diapositivos para a apresentação de cada comunicação).

Notificação de aceitação das propostas de comunicação/poster: até 22 de Abril.

Data limite para envio dos textos completos/posters: até 24 de Junho (máximo de 10.000 palavras, incluindo notas) textos entregues após esta data não figurarão nas Actas do Congresso).

SUBMISSÃO DE PROPOSTAS

COMUNICAÇÕES ORAIS E POSTERS

- Título (comunicação, poster);
- Nome(s) do(s) autor(es);
- Página A4 com máximo de 500 palavras (letra Verdana, tamanho 11);
- Escrito em português, espanhol ou inglês;
- Devem incluir cinco palavras-chave;
- Uma página A4, no máximo, com o CV dos autores;
- Posters com formato A0, vertical;
- Filiação institucional de cada autor;
- Cada autor não pode propor mais do que duas comunicações.

Nota: no caso de se tratarem de comunicações com vários autores, deverá ser indicado o autor para correspondência e respectivos contactos e-mail e telefone.

No caso de aceitação para apresentação oral: Os textos finais deverão ser enviados até 24 Junho 2018, devendo respeitar as normas dirigidas aos autores.

DESCARREGUE O TEMPLATE

Inscrições

CONGRESSO

O pagamento da inscrição (e da visita) deverá ser efectuado até 30 de Abril de 2018.
Após esta data o custo da inscrição sofre um agravamento de 20%.

Geral: 120,00 Euros
Sócios da APPI/TICCIH: 100,00 Euros
Estudantes: 90,00 Euros

Nota: a inscrição inclui cafés nos dias 28 e 29 e documentação do Congresso - Livro de Resumos e Actas (a editar posteriormente).

Para se inscrever no IV Congresso Internacional sobre Património Industrial, efectue uma transferência bancária para a conta da APPI:

Nome: Associação Portuguesa para o Património Industrial
Banco: Caixa Geral de Depósitos
SWIFT/BIC: CGDIPTPL
IBAN: PT50003507480000309023049

VISITAS PÓS-CONGRESSO

Visita(s) pós-Congresso ao património industrial da região de Aveiro (a realizar no dia 30 de Junho, das 9H00 às 19H00).

Preço de cada visita: 40,00 Euros
(inclui transporte, almoço e documentação).

O número de lugares é limitado, não espere para se inscrever.

FICHA DE INSCRIÇÃO

1. Dados pessoais

2. Dados para pagamento
Geral: 120,00 €
Sócio da APPI: 100,00€
Estudantes: 90,00€

3. Dados para pagamento
da VISITA PÓS-CONGRESSO

40,00 €

Enviar comprovativo de pagamento para appi.dir@gmail.com

Local de Realização

O Congresso terá lugar nas instalações da Universidade de Aveiro (Campus Universitário de Santiago), em Aveiro.

Como chegar

AVIÃO

É fácil chegar a Aveiro. O aeroporto mais perto de Aveiro é o Aeroporto Francisco Sá Carneiro (Pedras Rubras), que serve a cidade do Porto. Há várias ligações aéreas de baixo custo partindo de vários países europeus. Pode-se viajar de metro entre este aeroporto e a estação ferroviária de Campanhã, de onde partem os comboios Alfa e Intercidades para Lisboa; quase todos os comboios param em Aveiro.

ESTRADA

Quem vem de Norte pela auto-estrada A1 deve sair para Aveiro pela A25. Na A25 existem duas saídas para a cidade: Aveiro-Norte e, alguns quilómetros depois, Aveiro.

Para quem se dirige para a Universidade de Aveiro a mais aconselhável é esta última.
Quem vem de Sul pela A1, deve sair em Aveiro-Sul/Águeda (saída 15) e seguir pela EN235 até ao Campus da Universidade de Aveiro.

Coordenadas GPS
40° 37' 53'' N
8° 39' 27'' W

Itinerário até a Universidade de Aveiro

CAMINHOS-DE-FERRO

Aveiro está situada na principal linha ferroviária do País (Linha do Norte). Informações sobre os horários dos comboios estão disponíveis no site da CP-Comboios de Portugal. A estação de caminhos-de-ferro está assinalada no mapa.

O percurso até ao Campus pode ser feito pelos seguintes meios: de autocarro; a pé (demora cerca de 20 minutos a percorrer); de táxi (existe uma praça junto à estação ferroviária).

Caso não pretenda ir a pé ou de táxi para o local do Congresso, a rede de autocarros Transdev/UrbAveiro possui uma rota (linha verde) que o levará até lá.

À chegada

Para se orientar no Campus da Universidade de Aveiro, poderá utilizar o Mapa do Campus.

MAPA DO CAMPUS

Alojamento

HOTÉIS DE AVEIRO

A cidade dispõe de inúmeras unidades hoteleiras, entre as quais:
Hotel Afonso V, Hotel As Américas, Hotel Aveiro Center, Hotel Aveiro Palace, Meliá Ria Hotel & Spa,
Hotel Moliceiro, Hotel das Salinas, Veneza Hotel.

As reservas de alojamento deverão ser tratadas diretamente pelos congressistas.

Informação geral

ALFÂNDEGA

Por favor consulte os regulamentos alfandegários portugueses.

CARTÕES DE CRÉDITO / MÁQUINAS DE DINHEIRO

Todos os principais cartões são amplamente aceites, mas não em todos os lugares. Em caso de dúvida, contactar com antecedência.

A maioria dos hotéis, agências de aluguer de automóveis, lojas, farmácias, locais de entretenimento e restaurantes aceitam Visa e Mastercard.

ATM (Multibancos) estão disponíveis em todas as principais áreas turísticas e comerciais.

Conversor do Banco de Portugal

CLIMA

O verão (Junho a Setembro) é a estação mais seca e mais quente, com temperaturas médias diárias atingindo um máximo de 28ºC em Agosto.

Previsões meteorológicas para Aveiro.

ELECTRICIDADE

A alimentação eléctrica em Portugal é 220/230 Volts.

Se vier de países de fora da União Europeia, verifique se necessita de um adaptador e/ou transformador.

HORÁRIOS

Autocarros
Todos os dias - 24 horas

Bancos
Segunda a sexta-feira | 08H30-15H00

Centros comerciais
Todos os dias | 10H00-24h00

Lojas
Segunda a sexta-feira | 09H00-13H00 e 15H00-19H00. Sábados: 09H00- 19H00

Farmácias
Segunda a sexta-feira: 09H00-13H00 | 15H00-19H00.

Serviço de urgência
24 horas.

Horários habituais das refeições
Almoço: 12H30-14H30
Jantar: 20H00-22h00

MOEDA

A unidade monetária utilizada é o Euro.

SEGURANÇA

Aveiro é considerada uma cidade muito segura, mas deverá estar vigilante e tomar precauções normais, para evitar assaltos.
A maioria das lojas aceita cartões de crédito e débito, por isso não há necessidade de transportar uma grande quantidade de dinheiro.

IVA-VAT

O imposto sobre o valor acrescentado (VAT-IVA) é pago no momento da compra de um produto ou serviço.

TÁXIS

Geralmente apenas é possível o pagamento em numerário.

TELEFONES DE EMERGÊNCIA

Para todas as emergências: 112

VISA

Portugal faz parte da União Europeia.
Muitos visitantes podem entrar nos países da União Europeia sem visto.
Um cartão de identificação válido ou passaporte é tudo o que necessita para entrar em Portugal, verifique com a embaixada / consulado português no seu próprio país, se necessita de um visto, onde encontrará também os formulários que terá de preencher, caso seja necessário.

PARA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE AVEIRO

Clique aqui.

Organização

Apoio

Contactos

Associação Portuguesa
para o Património Industrial

appi.dir@gmail.com
www.museudaindustriatextil.org/4cipi
www.facebook.com/appi.ticcihportugal